Relacionamento: problemas financeiros com o casal

 

problemas financeirosProblemas financeiros afetam tanto o indivíduo como a vida de casado, já que essas situações estão entre as principais causas de divórcio.

De acordo com um estudo realizado pela Universidade do Kansas (EUA) e divulgado pelo renomado jornal britânico Daily Mail, que contou com centenas de casais apontou que casais que brigam por causa de dinheiro têm maior tendência a procurar o divórcio. Além disso, entre os 4.500 casais estudados, o principal motivo de divórcio foram os problemas financeiros.

No Brasil, a situação de crise econômica está fazendo com que muitas pessoas não tenham apenas problemas financeiros, mas de casamento também. Uma grande parte da população está sentindo efeitos que a alta dos preços de alimentos e combustível, aumento do desemprego e juros gigantes de cheque especial.

Mas como lidar então com problemas financeiros no casamento?

Abaixo, um bate-papo com Dilene Ebinger, que é Terapeuta de casal e Life Coaching, para discutir as principais questões financeiras dentro do relacionamento.

 

Situações financeiras do casal podem afetar a relação?

Claro! Casar com uma pessoa que não pensa pra gastar, que não tem estrutura financeira bem adequada e ajustada e que gasta mais do que ganha, é extremamente prejudicial dentro do casamento. Quando as finanças não vão bem ou dívidas e problemas financeiros parecem, há muita dificuldade no relacionamento.

 

Separação financeira: ajuda ou atrapalha?

problemas financeirosCertamente alguns casais só consegue sobreviver com a separação financeira.

É preciso dizer que não é o ideal ter contas e responsabilidades financeiras separadas, o ideal seria colocar todos os ganhos e gastos em uma conta só e ter uma administração da pessoa que melhor administra as finanças dentro do relacionamento, mas essa ação costuma a trazer muitas dificuldades, e alguns casamentos só sobrevivem quando as finanças são separadas. Então, realmente existe o ideal, mas não existe uma regra. Não precisa ser desse jeito, tem ter que um consenso para que isso não seja um problema no casamento.

 

É importante saber quanto parceiro ganha?

Sim, é importante saber o salário e as responsabilidades que cada um tem, assim o indivíduo também terá liberdade de gastar um pouco com aquilo que interessa. Mas, às vezes, um ou outro é muito desequilibrado financeiramente e alguns têm ainda uma doença que gastam mais do que é possível ou gastam sem critério. Nesse momento, é preciso de ajuda profissional e a pessoa que tem mais domínio de finanças poderia tomar conta disso para equilibrar essa questão problemas no relacionamento.

 

Ou seja, pode parecer bobagem esconder uma comprinha aqui, um gasto a mais ali, mas essas “mentirinhas” financeiras contadas para o seu cônjuge podem ser muito prejudiciais tanto para a saúde financeira quanto para a vida amorosa do casal.

Caso o casal não encontre um equilíbrio financeiro junto, considere buscar um profissional para ajuda-los com os problemas financeiros. Essa atitude pode ajudar muitos cônjuges a se reestabelecerem e evitar o término do relacionamento por causa de finanças.

Assim, o diálogo é a melhor alternativa para decidir expectativas e responsabilidades, e permite que as decisões sejam discutidas e avaliadas.

Lembre-se: o dinheiro não é só para gastos imediatos que o casal possa ter, mas é uma ferramenta importante para realizar sonhos e construir o futuro do casamento.

 

Você também pode gostar de:

álcool
sarampo
paz interior