Paz interior – para vencer a depressão

paz interior

Como encontrar a paz interior? Onde ela está? Essas perguntas reverberam na mente de muitas pessoas. E, para responde-la, quero te convidar a me acompanhar em uma reflexão:

De acordo com o livro O Segredo da Saúde (pág. 32), somos um todo fantástico que envolve a soma do corpo físico, mente e espírito. Para entender melhor, pense numa planta.

A planta com seus ramos pode representar o corpo, enquanto suas flores seriam a nossa mente e o nosso psicológico. Por quê representar dessa maneira? Porque a planta e seus galhos são estruturas de sustentação.

E as flores são emoções e sentimentos, visto que a essência e o perfume delas se expandem de modo perceptível e simultaneamente invisível. Ou seja, não existe nada melhor para representar nosso espírito e nossa mente.

Você percebe o quanto as plantas, as flores e o perfume estão unidos de forma indivisível e jamais existiram separadamente? Da flor vem a semente e da semente a planta.

Pode perceber também o quanto a qualidade da planta influencia na condição da flor e do perfume? O quanto a qualidade das flores e do perfume reflete a saúde da planta?

É assim mesmo. Se você quer flores lindas e perfumes deslumbrantes, precisa cuidar da planta. A mente clara e um espírito alegre são frutos de um corpo saudável. Da mesma forma, sentimentos e atitudes são resultantes do trabalho de nossas células. O livro O Segredo da Saúde (pág. 32) nos esclarece essa relação.

Assim como o álcool e outras drogas chegam num instante até a mente e determinam nossos comportamentos, as substâncias vivas e terapêuticas que vêm do alimento certo circulam, rodeando as células dia após dia, criando condições para que os sistemas nervoso e hormonal desencadeiem reações favoráveis. Essas reações transformam percepções e raciocínios em atitudes positivas.

No livro Mente, Caráter e Personalidade (página 72), lemos que a mente é a capital do nosso corpo. De lá, saem as ordens para todo o nosso organismo. Dentro dela, acontecem as decisões.

Apesar de todo seu poder, a mente não é independente ou involuntária. Ela pode ser conduzida. Ela tem a influência da herança genética, mas a despeito disso está sujeita às escolhas que determinam caminho saudáveis ou não.

O livro o Segredo da Saúde nos aponta escolhas que podem nos levar por um caminho saudável em direção à paz interior:

Aprenda a lidar com rancores e mágoas                                 

Só eu posso tomar a decisão de alimentar mágoas e rancores. “Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira” (Efésios 4:26). Não podemos evitar a ira e a mágoa, porém podemos decidir viver com ou sem elas.
Perdoar, por exemplo, pode parecer difícil. No entanto, submeter o organismo às consequências diárias do ódio é devastador.

O que você pode fazer nesses períodos para trabalhar de forma positiva com sua mente: mudar o foco, sair, viajar, estudar… Enfim, decidir não ficar remoendo ofensas e alimentando ódios.

E, claro, conforme aprendemos, não podemos deixar de pensar em nosso aspecto físico. Para facilitar as coisas, evite alimentos gordurosos, processados e refinados. Sucos vitalizadores e regeneradores podem nos ajudar. Todos eles oferecem antioxidantes, fitoquímicos e nutrientes para as funções nervosas.

Os chás calmantes e os óleos essenciais relaxantes usados tanto em massagens quanto em perfumes são maravilhosos. Sauna alternada com duchas frias favorece o sistema nervoso e relaxa. Aproveite os recursos naturais, desvie a mente de coisas negativas, ore e não permita que a raiz da amargura cresça.

Consuma Sementes

Soja, gergelim, castanha-do-pará, etc. Descartar esse grupo de alimentos? Nem pensar! E não é só pela qualidade e variedade dos aminoácidos. As sementes nos garantem as ferramentas básicas para o controle emocional. Elas nutrem o cérebro!

Conheça outros nutrientes para o cérebro

A depressão e outros transtornos que nos atormentam revelam uma quantidade deficiente de serotonina em nosso corpo. De mesmo modo, alguns nutrientes também estão em falta no nosso corpo.

A solução é repô-los. Conheça alguns desses nutrientes e saiba onde encontra-los:
Triptofano – Castanha-do-pará, nozes em geral, tofu, feijões, grão-de-bico, lentilhas e ervilhas.
Fósforo – Aveia, castanhas, lentilha, grão-de-bico e frutas.
Vitamina B6 – Levedo de cerveja, banana, gergelim, alho e castanha-de-caju.
Magnésio – Frutas, repolho, tofu, soja e castanha-de-caju.
Selênio – Castanha-do-pará e sementes.
Ômega 3 – Linhaça, chia e sementes em geral.
Zinco – Sementes de girassol, maxixe com sementes, abacate, banana, tomate, uva, ervilha, fava, abóbora e gergelim.

Bata as frutas!

Quando você bate as frutas com mel em uma vitamina, o resultado calmante é mais rápido. Em períodos de depressão, às vezes é difícil mastigar corretamente, o que impede o aproveitamento total dos alimentos.

Invista em cereais integrais, sementes, frutas e hortaliças

Esse é o tipo de alimentação capaz de normalizar a química do cérebro e de fortalecer o sistema imunológico, bem como contribuir para a beleza e a longevidade.

São os alimentos responsáveis pela interpretação correta dos acontecimentos interpessoais e do relacionamento com o mundo espiritual. Eles nos dão condições para analisarmos adequadamente cada situação da vida.

Tome nota: dicas importantíssimas para encontrar a paz interior

Esteja ao ar livre e à luz solar pela manhã e pela tarde. Faça exercícios físicos, como caminhar ao sol da manhã e da tarde, nadar, etc. Procure qualquer atividade prazerosa: plantar canteiros de flores, pintar, cozinhar… Visite pessoas, levando um presente para elas. Prepare uma surpresa agradável para um vizinho, uma criança ou alguma pessoa necessitada.

Essas ações, aliadas a uma alimentação correta, vão te levar em direção à paz interior e afastar de uma vez por todas qualquer resquício de depressão.

 

 

Você também pode gostar de:

álcool
sarampo